Notícias

2018-07-02 15:16:39

Inovação nos Controlos de Gestão

Artigo Get Started | Nº 3

A criação de Startups em Parques Tecnológicos ligados a Centros Universitários tem aumentado nos últimos cinco anos. Estas empresas são também consideradas uma das principais impulsionadoras do crescimento econômico do país. Desde o seu estabelecimento, o foco principal das Startups é o desenvolvimento e inserção dos seus produtos no mercado com uma forte presença tecnológica e de inovação no seu processo produtivo. De acordo com Alvesson & Kärreman (2004), o controle de gestão é necessário para que uma organização funcione. Recentemente, muitos estudos tentaram analisar as práticas dos controlos de gestão nas Startups (Manyaeva, Piskunov, & Fomin, 2016; Bolisani & Bratianu, 2017; Magdaleno, Engiel, Tavares, Pisa, & Araujo, 2017).


Considerando que as Startups estão constantemente mudando e adaptando-se às condições ambientais impostas pelo mercado, e que o foco na gestão pode não ser necessariamente o escopo, elaborou-se uma metodologia específica, denominada Canvas do Controle de Gestão com o objetivo de identificar em que medida as Startups vinculadas a Parques Tecnológicos e a Centros Universitários utilizam instrumentos de controle de gestão.


Esta nova metodologia tem por base o Business Model Canvas, proposto por Osterwalder & Pigneur (2010), uma vez que a maioria dos empreendedores desenvolve as suas idéias de negócios utilizando essa ferramenta. Assim, uma abordagem para os controles de gestão com o olhar do modelo proposto por Osterwalder potencializa uma melhor compreensão e entendimento do controle de gestão, em relação a diferentes categorias de análise.


A construção do Canvas do Controle de Gestão deu-se a partir da revisão da literatura atual e internacional. Foi possível identificar pelo menos 44 instrumentos e práticas de controle de gestão. Esses instrumentos foram classificados em nove categorias de análise: clientes, estratégia, sistemas de informação, qualidade, desempenho, colaboradores, riscos, orçamento e custos.


O Canvas do Controle de Gestão é ilustrado na Figura 1 com os instrumentos e práticas indicados na literatura, utilizado como base para auxiliar as organizações que desejem identificar em que medida ou de que forma podem potencializar o uso de instrumentos de controle de gestão no negócio.


Figura 2 - Canvas do Controle de Gestão com instrumentos por categoria de análise.

 

O Canvas de Controle de Gestão é uma ferramenta de gerenciamento estratégico; ajuda a fortalecer os controles existentes e a desenvolver novos; e ainda constitui-se em um mapa visual pré-formatado contendo 9 categorias de análise dos controles de gerenciamento da organização. A aplicação e validação desta ferramenta junto a mais de 70 empreendedores potencializou a construção de um Canvas com dimensões e adequações mais específicas à realidade destas empresas. O resultado pode ser acessado no link: https://padlet.com/wendy_carraro/canvasdocontroledegestao.




Wendy Carraro


Contadora, Economista, Especialista em Controlo de Gestão, Mestre em Sistemas de Informações e Apoio à tomada de Decisões, Doutora em Economia do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Pós-doutorada na área de Empreendedorismo, Estratégia, Planeamento e Inovação em Negócios pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Atua há mais de 20 anos na área contábil, de finanças, planeamento, custos, orçamentos, gestão de pessoas e sistemas de informação, tendo desenvolvido trabalhos de capacitação em empresas de diferentes segmentos e portes. Atua há mais de 15 anos em docência, sendo atualmente Professora Adjunta do Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais e do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.   


 

Artigo de opinião elaborado no âmbito da revista Get Started Nº3 | Projeto LIFTOFF

 

Não é autorizada a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do autor e do LIFTOFF.